O que é Colecistite?Clínica Médica de Lisboa

Predefined Variants

Header Position

Page Layout

Background Patters

Background patterns are working only if you are using boxed layout.

Blog

O que é Colecistite?

O que é Colecistite?

Colecistite é uma inflamação da vesícula biliar. A sua vesícula biliar é um órgão pequeno, em forma de pera do lado direito do seu abdómen, mesmo por baixo do fígado. A vesícula biliar tem um líquido digestivo chamado de bílis que é libertado para o seu intestino delgado.

Na maioria dos casos, a colecistite é causada por cálculos biliares que bloqueiam o tubo que sai da sua vesícula biliar. Isto resulta numa acumulação de bílis que pode provocar inflamação. Outras causas de colecistite incluem problemas de obstrução da bílis e tumores.

Se não for tratada, a colecistite pode levar a complicações graves, como aumento da vesícula biliar ou ruptura da mesma. Uma vez diagnosticada, a colecistite requer internamento hospitalar. O tratamento da colecistite muitas vezes inclui a remoção da vesícula biliar.

Sinais e sintomas

  • Dor grave e fixa na parte superior direita do seu abdómen
  • Dor que radia do abdómen para o ombro ou parte direita das costas
  • Dormência por cima do abdómen quando tocado
  • Suores
  • Náuseas
  • Vómitos
  • Febre
  • Calafrios
  • Inchaço abdominal

Os sinais e sintomas da colecistite normalmente ocorrem após uma refeição, em especial uma refeição abundante ou com elevados níveis de gordura.

Tratamento

O tratamento da colecistite normalmente envolve internamento hospitalar para estabilizar a inflamação na sua vesícula biliar. Assim que a colecistite estiver sob controlo, o seu médico pode recomendar uma cirurgia para remover a vesícula biliar, uma vez que a colecistite volta a surgir com frequência. Em situações de emergência, como ruptura da vesícula biliar, a cirurgia pode ser necessária de imediato.

Hospitalização
No caso de lhe ser diagnosticado colecistite, você será internado no hospital. O seu médico vai tentar controlar os seus sinais e sintomas e controlar a inflamação na sua vesícula biliar. Os tratamentos podem incluir:

  • Jejum. Pode não poder comer nem beber de modo a retirar tensão da sua vesícula biliar inflamada. De modo a não ficar desidratado, pode receber líquidos por via intravenosa, através do braço.
  • Antibióticos para combater a infecção. Se a sua colecistite for provocada por uma infecção ou tiver provocado uma infecção na sua vesícula biliar, o seu médico pode recomendar antibióticos para tratar a infecção.
  • Medicamentos para as dores. Pode receber analgésicos para ajudar a controlar a dor até a inflamação na sua vesícula biliar estar aliviada.
  • Os seus sintomas podem começar a desaparecer um ou dois dias após ser hospitalizado.

Cirurgia para remover a vesícula biliar
Devido ao facto de a colecistite frequentemente voltar a ocorrer, a maioria das pessoas diagnosticadas com colecistite eventualmente precisam de uma cirurgia de remoção da vesícula biliar (colecistectomia). Quando se sentir melhor, o seu médico pode recomendar a colecistectomia. Quando será sujeito à cirurgia depende da sua situação. Se tiver complicações devidas à colecistite, como gangrena ou perfuração da vesícula biliar, pode precisar de realizar a cirurgia imediatamente.

A colecistectomia é frequentemente realizada através da utilização de uma pequena câmara de vídeo montada na ponta de um tubo flexível. Isto permite ao seu cirurgião ver o interior do seu abdómen e utilizar ferramentas cirúrgicas especiais para remover a vesícula biliar (colecistectomia laparoscópica). As ferramentas e a câmara são inseridas através de quatro incisões no seu abdómen e o cirurgião observa um monitor enquanto orienta as ferramentas durante a cirurgia.

Assim que a sua vesícula biliar for removida, a bílis passa diretamente do seu fígado para o intestino delgado, em vez de ser armazenada na vesícula biliar. Você não precisa da vesícula biliar para viver e a remoção da vesícula biliar não afecta a sua capacidade de digerir alimentos, apesar de poder provocar diarreia, normalmente temporária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *