Cuidados a ter com o frioClínica Médica de Lisboa

Predefined Variants

Header Position

Page Layout

Background Patters

Background patterns are working only if you are using boxed layout.

Blog

Cuidados a ter com o frio

Cuidados a ter com o frio

A exposição ao frio intenso pode causar riscos sérios a letais para a saúde. O frio intenso produz alterações no organismo que facilitam o aparecimento de doenças como a gripe e outras infeções respiratórias, bem como o agravamento de doenças crónicas, enregelamento dos membros, ulceração pelo frio e hipotermia.
O impacto na saúde depende da duração e da magnitude do período de frio. As condições térmicas e de isolamento dos edifícios, assim como as medidas de proteção adotadas são fatores relevantes. Mesmo as pessoas saudáveis podem sofrer as consequências negativas do frio intenso.
O inverno caracteriza-se pelas baixas temperaturas o que pode facilmente levar à hipotermia (diminuição da temperatura corporal). O grupo etário mais vulnerável são as crianças e os idosos pelo fato de ter uma diminuição da perceção do frio, menor capacidade de resposta cardiovascular e diminuição da massa muscular.
É muito importante estar atento aos sintomas de hipotermia: sensação de frio em demasia, dor na parte do corpo que está exposto ao frio, tremores fortes e exaustão. Nestes casos, deve-se chamar o 112 e aguardar num local aquecido, se tiver roupas molhadas retira-las e envolver-se num cobertor, beber bebidas quentes sem álcool nem cafeína (se pessoa consciente),quando tiver uma parte do corpo fria não a deve reaquecer (calor da lareira, fogão ou radiador) nem a massajar para não danificar os tecidos, a zona afetada pode estar dormente e pode ser queimada, deve sim tentar parar o arrefecimento dessa zona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *